Ursos de lá e ursos de cá...



Olá galera ursina, eis mais um post surpresa meu. Como alguns de vocês sabem, vim passar uma temporada na França, quero tentar trazer mais informações do mundo ursino exterior para vocês. Cheguei esta semana, e pelo dia a dia, vendo o pessoal daqui e as opções de lazer da comunidade ursina, me vi pensando nos ursos do Brasil.

No Brasil, sempre vejo a galerinha falando que urso é só um bando de bicha, e que no exterior é a mesma coisa e não sei o que... Mas aqui de fora, constantemente tenho provas de que é o contrário... De que é o urso brasileiro que não tem amor próprio e egoísmo demais. Aqui há muitas coisas voltadas para o publico ursino. O bar dos ursos aqui em Paris, o Bear's Den, tem uma puta vitrine cheia de coisas voltadas à comunidade, camisas, adesivos, cacarecos dos mais variados, flyers de encontros de todos os tipos, de encontros sexuais a encontros sociais, as paredes do bar tem sempre em exposição trabalhos de artistas ursinos para vender, é uma outra mentalidade, a galera não tem medo nem vergonha de abraçar a bandeira e formar comunidade, diferente do Brasil onde você se mata pra achar qualquer coisa com a bandeira e ainda assim é algo meio capenga... sem falar na mentalidade do povo onde o conceito de comunidade das pessoas frequentemente se estende somente aqueles caras que você quer pegar ou ja pegou.


Aqui a coisa é diferente... BEM diferente... Recentemente descobri até um hotel resort para ursos no sul da frança, com piscina, sauna, spa, em uma região bem bonita: www.lapattedours.com

Durante a parada gay de São Paulo deste ano, houve uma segmentação muito grande entre os ursos em São Paulo. Muitos não se bicam e não conseguem nem estar a 20 metros um do outro sem ficar com cara de cu, mesmo que seja para apoiar a causa. Semana que vem é a vez da parada gay de Paris, e olha que diferença, os ursos marcam um ponto de reunião para irem juntos ao evento, ursos de todas as cores, tamanhos e nacionalidades...

São coisas assim que me dão tristeza do meu Brasil... Não sei o que cada um quer como comunidade aí deste lado... Mas até a mentalidade mudar, vou vivendo o meu "american bear dream" aqui do outro lado do Atlântico... Sei que sou um só... Mas a mudança de mentalidade tem de começar a partir de nós mesmos... E você? Qual é o mundo de urso que você deseja?



Fabrício Viana e os Ursos Perversos


Já falamos algumas vezes sobre Literatura Bear Internacional citando a editora Bear Bones Books e as obras do autor Ron Suresha: "Bears on Bears: Interviews & Discussions" e "Fur: The Love of Hair".

Mas para orgulho geral da Nação Ursina do Brasil foi lançado pela Editora Orgástica o livro "Ursos Perversos – Uma coletânea de Contos Pesados" de Fabrício Viana, um autor brasileiro famoso por abordar a homossexualidade de maneira ampla e sem restrições.

O livro possui 14 contos, 6 deles são dos parceiros Alberto de Avyz, Paulo Sérgio Moraes, Roberto Maty, Sérgio Viula, Tony Goes e Vitor Paulino com ilustração de capa por Hokin Bear.

Todos os contos deixam o pau duro até babar, mas o mais excitante é o conto "Menelau, Meu Urso de Asas" do Alberto de Avyz. A narrativa transborda de putaria e consegue arrastar o leitor pra dentro da história. As descrições detalhadas das situações vividas pelos personagens são de uma inspiração singular! Até pensamos em escrever aqui um trecho desse conto, mas é melhor deixar na curiosidade. =P

Esse projeto enriquece bastante a cultura ursina do Brasil e para nós do WooFBrasiL é uma honra sermos citados no livro, na lista de blogs e sites ursinos brasileiros. Agradecemos ao Fabrício Viana por lembrar da gente e também pelo carinho de autografar o exemplar que ele nos enviou, juntamente com um chaveiro personalizado. =)


"Ursos Perversos – Uma coletânea de Contos Pesados" está disponível para compras no site da Editora Orgástica.



International Mr. Leather 2014


Entre os dias 22 e 26 de Maio aconteceu em Chicago a 36ª edição do International Mr. Leather. Importante evento que existe desde 1979 e que reúne a comunidade BDSM de todos os cantos do mundo, para eleger os melhores homens de couro. Além disso, o IML (é exatamente essa sigla. Não confunda com outro IML. =P) também promove festas, workshops, exposições... Tem todo um circuito cultural e (por que não?) sexual.

Segundo o site Chicago Pride, o IML desse ano concentrou mais de 20 MIL PESSOAS! É muita gente vestida de couro!!! Cerca de 110 empresas especializadas no segmento de couro, látex e demais utensílios para os entusiastas do BDSM expõem e vendem seus produtos nesse evento. Esse ano os palcos do 36° IML foram o Teatro Harris e o belíssimo Chicago Marriott Downtown Magnificent Mile. Essas informações são só pra você ter uma ideia da proporção que é esse espetáculo do mundo Leather.

Vamos começar pelo concurso Mister Leather.

MAS COMO FAZ PRA PARTICIPAR?

Primeiro é obrigatório que o participante tenha vencido algum concurso leather estadual, pra depois se inscrever no International Mr. Leather. Feita a inscrição, no primeiro dia do evento, é realizada uma entrevista prévia (eu tentei descobrir o que perguntam nessa entrevista, mas não achei). Essa entrevista não é aberta ao público. O sigilo aguça ainda mais a curiosidade. Depois de passar por tudo isso é que o candidato pode participar do concurso. Os juízes contam como pontos os seguintes fatores: porte físico, presença de palco e capacidade de falar em público. É bem parecido com os concursos que a gente já viu por aí.

O concurso é divido em 5 etapas:

1) Apresentação dos Participantes ao Público:
Os candidatos têm a liberdade de escolher as roupas que quiserem vestir.

2) Primeira Eliminação:
Candidatos vestidos de traje formal. Nessa etapa os jurados avaliam o porte físico.

3) Segunda Eliminação / Speech:
Os candidatos apresentam suas habilidades para falar em público, vestidos de traje formal.

4) Terceira Eliminação / Physique:
Os candidatos apresentam uma performance para avaliar a presença de palco, vestidos de jockstrap ou shorts.

5) Anúncio dos Vencedores:
Nesta última fase os grandes finalistas também podem escolher as roupas que quiserem vestir, mas é recomendado o traje formal.

De acordo com a organização do concurso, 46 homens se inscreveram pra no final apenas 3 serem eleitos Misters Leather Internacional. Esses foram os vencedores da edição 2014:

No centro, em primeiro lugar, Ramien Pierre (Mr. DC Eagle 2014 - Washington/USA), na esquerda, em segundo lugar, Steve Dupont (Mr. New England Leather 2014 - Massachusetts/USA) e na direita, em terceiro lugar, Cody Troy (Mr. Midwest Leather 2014 - Minnesota/USA).

O concurso é internacional, sediado nos Estados Unidos e todos que ganham são americanos. Entendi...

Aqui tem os nomes dos jurados. Entre eles há uma mulher! Daquelas sapatas caminhoneiras! Amy Marie é o nome dela. Curti muito! =)

Paralelo ao International Mr. Leather, também acontece o International Mister Bootblack (IMrBB) que é uma competição para saber qual é o melhor engraxate e cuidador de botas de couro. Existente desde 1993, o concurso elege o cara que conhece todos artifícios para manter a qualidade do couro, além de engraxar com rapidez e ser cordial com as pessoas que pedem uma engraxada.


O título de International Mr. Bootblack 2014 foi para esse rapaz aí da foto acima chamado Scout, de Oakland, na Califórnia (outro americano. Vai entender...), que venceu o Eros SF & the San Francisco Eagle.

Então bora mostrar as principais atrações que aconteceram ao longo do evento!

DIA 22 (QUINTA-FEIRA)

Credenciamento dos candidatos ao concurso:


Boas vindas aos participantes:


DIA 23 (SEXTA-FEIRA)

Inauguração do Leather Market que é uma espécie de feira instalada no hall do hotel onde vendem artigos de couro e afins:




Apresentação dos candidatos ao público:


DIA 24 (SÁBADO)

Primeira eliminação do concurso:




Os jurados concentrados anotando os pontos

Os jurados rindo de alguma putaria que os candidatos falaram. APOSTO! rs

E aí, diz pra gente. Você já foi fistado com duas mãos?

Início do International Mister Bootblack:




Olha aí o Scout (vencedor do IMrBB) em ação!

DIA 25 (DOMINGO)

Primeira Eliminação de traje formal:

Todos preparados?

Coisa linda esses machos de couro! WooF!!

Segunda Eliminação / Speech para os candidatos cantar, contar piada, sei lá... Pra interagir com a galera:



Terceira e Última Eliminação / Physique para os candidatos mostrarem o corpão:



Que visão linda!!!

Anúncio dos Vencedores do 36° International Mr. Leather:

Em primeiro lugar, Ramien Pierre (Mr. DC Eagle 2014 - Washington/USA).

Em segundo lugar, Steve Dupont (Mr. New England Leather 2014 - Massachusetts/USA).

Em terceiro lugar, Cody Troy (Mr. Midwest Leather 2014 - Minnesota/USA).

Os vencedores do International Mr. Leather e do International Mister Bootblack:



Achei tão fofo o vencedor do IMrBB. Dá vontade de apertar! ^^

DIA 26 (SEGUNDA-FEIRA)

Festa de encerramento:

E o couro comendo, literalmente!!

O IML também promoveu testes de HIV, palestras sobre a sobrevivência da comunidade leather ao longo das décadas e debates sobre as práticas de BDSM. É um evento completo e que nunca veremos um parecido no Brasil. =(

8 motivos para assistir The Normal Heart


Esqueça um pouco RuPaul's Drag Race para assistir The Normal Heart, uma versão cinematográfica da peça de mesmo nome escrita por Larry Kramer. O longa, que foi produzido pela HBO e dirigido por Ryan Murphy (criador de Glee e American Horror Story), apresenta o ativismo dos homossexuais contra a ascensão do vírus da AIDS no início dos anos 80 e da forte epidemia que assolava os Estados Unidos e o mundo.

A produção estreou no canal pago dia 25 de maio e é estrelada por Julia Roberts (Dr. Emma Brookner), que interpreta uma médica de temperamento forte capaz de provar para toda a América que o HIV não faz discriminação de sexo, ou seja, com o seu jeitão de colocar o pau na mesa ela prova por A + B que a AIDS não é um câncer gay e que os heterossexuais também estão suscetíveis a se infectarem. Além de Julia, o elenco de The Normal Heart também é formado por Mark Ruffalo (Ned Weeks), um escritor que se torna um importante ativista para conscientizar a comunidade gay sobre os riscos da AIDS, Matt Bomer (Felix Turner) que é um jornalista gay do New York Times e que se apaixona por Ned quando o escritor tenta uma aproximação, na esperança de que o jornal divulgasse sobre a epidemia de AIDS e Jim Parsons (Tommy Boatwright) - sim, o Sheldon de The Big Bag Theory - que se une ao Ned para montar a famosa organização Gay Men's Health Crisis que capta recursos para pesquisa sobre a AIDS e orienta os infectados pelo vírus.

Se liga no trailer:



Que o filme é excelente todo mundo já sabe. A interpretação de Julia Roberts é sensacional e a atuação de Jim Parsons é tão marcante que dá pra esquecer completamente do Sheldon. Sério mesmo!

Eu gostaria de destacar 8 momentos de The Normal Heart que vão fazer você ficar louco pra assistir essa linda produção. Se você é muito cri cri com spoiler, então é melhor não passar dessa linha! ;-)

1) A CENA DE AMOR ENTRE NED E FÉLIX

Repara na discreta marca de sunga do Félix e no carinho que ele recebe no mamilo. *-*

2) ESSA PEGADA QUE SÓ OS HOMENS TÊM

Essas mãos... PQP!!! #paudureci

3) CANCER GAY - THIS IS WHAT IT LOOKS LIKE

Imagino como devia ser tenso encontrar um cartaz desse.

4) OH, GOD!

Mais tenso ainda era ouvir isso de alguém infectado. =(

5) AS FALAS DO TOMMY

Ah! Se não fossem as lésbicas...

6) VOCÊ NÃO SABE O DIA DE AMANHÃ

Se vai tá vivo ou morto e o sarcoma comendo sua pele.

7) A CARA DA DR. EMMA QUANDO FALAM QUE A AIDS SÓ PEGA EM VIADO

Não tô acreditando que esse babaca falou isso..!

8) OS AMIGOS CHAMANDO PRA DEPILAR O CORPO

Vamos tirar os pelos do seu peito? | Não, não, valeu aew! 

The Normal Heart concorre ao Critics' Choice Television Award nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator em Filme/Minissérie para Mark Rufallo, Melhor Ator Coadjuvante em Filme/Minissérie para Matt Bomer e Joe Mantello e na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante em Filme/Minissérie para Julia Roberts. Torço especialmente pra Julia. <3

Clique aqui pra baixar o filme via torrent e aqui tem a legenda em pt-br. De nada! =P