Vai Gordinho!











Apenas clique nos links do texto abaixo se você for maior de idade.

Como se avisar resolvesse alguma coisa...


Natal podia ser classificado como a festa da gula. Não apenas no sentido de comilança. Tudo é muito exagerado: bebidas, compras, pisca-pisca na rua, enfeites na árvore torta porque não aguenta segurar mais nenhum penduricalho...

É fato que os ursos sofrem mais no quesito gastronômico. Mas só por que são gordinhos? Eu sou magro e como por dois. Assim como falam pra mim que eu tenho alma de gordo, os que são fartos de tecido adiposo podem ter alma de magro. É tudo muito relativo.

Essa introdução toda é pra convencer aqueles ursos arrependidos, que comeram mais rabanada do que deviam, a importância que eles possuem para serem protagonistas de um fetiche muito original.

A revista gay BUTT, com sedes em Nova York e em Amsterdã, publicou um editorial baseado na atração que muitos sentem ao assistir um urso lambusado, comendo uma boa porção de comida.
Parece estranho, mas eu diria que é diferente.

Vale citar que a BUTT é uma das poucas revistas pornográficas que consegue misturar tesão com informação. Putaria com inteligência. O texto do editorial tem a audácia de deixar qualquer leitor com libido de assistir um ursão devorando, com vontade, um pedaço de carne.

Já não bastasse a equipe da BUTT atiçar nossos pensamentos com textos carregados de luxúria, ela ainda produziu vídeos - com ângulos pra lá de interessantes - de ursos se deliciando naquilo que eles mais gostam de comer: coxa de peru e mel.

Logo aviso que os vídeos NÃO possuem nudez.



Ótima sacada colocar junto com a música de fundo um barulho de fritura.




Gostei mais do urso do primeiro vídeo,
mas esse segundo com mel achei mais provocativo.


A BUTT oferece suas edições pra quem quiser comprar e agora em 2011 a revista completa 10 anos, com um grupo de repórteres espalhados pelo mundo. Berlin, Londres e Paris são alguns desses lugares.
Assine o feed do WooFBrasiL ou receba os posts por e-mail

0 comentários :