Rock in Rio Peludo











Ontem foi o primeiro dia do Rock in Rio 2011 que contou com atrações do Axé (cantando pra subir), do Pop (coçando as partes íntimas) e além da participação do Julio de Sorocaba, que agora todo mundo está stalkeando pra saber em qual site de pegação o rapaz tem perfil.

Mais aí muitos se perguntam: onde foi parar o "rock" do Rock in Rio?
Se pra cada dia do evento é reservado um estilo de música, prefiro ficar com o dia do metal que será amanhã com Metallica, Sepultura, Angra e um pá de outros metaleiros.

Não é de hoje que percebo que a tribo do metal é bem representada pelos ursos. Tem um em especial que chama minha atenção. O guitarrista da banda sueca "Lillasyster", Max Flovik:


Se já não bastasse o cara ser peludo, gordo e careca, ele ainda é exibicionista se apresentando nos shows COMPLETAMENTE NU tapando seu dote apenas com a guitarra. O mesmo ele faz nesse clipe:


Fico só imaginando a quantidade de ursos que vão aparecer amanhã na cidade do rock...


UPDATE

O Marlon disse nos comentários que existe outro urso que faz essa linha peladão. É o vocalista da banda Fucked Up, Damian Abraham. Aqui (18+) tem fotos do cara bem a vontade.

0 comentários :

Os ursos portugas mostram suas garras











No começo do ano, época em que esse blog foi lançado, me veio a ideia de criar um podcast sobre cultura ursina e comecei a caçar ursos gringos pra participar, já que para o primeiro episódio pensei em algo que tivesse relação com os ursos daqui e os ursos lá de fora.

Um dia, ocasionalmente, surgiu um urso português num desses chats que a gente adiciona no MSN. Apresentei o WOOF Brazil, falei sobre o podcast, ele topou participar, porém nunca mais vi a alma desse moço simpático. Conversamos apenas uma vez, mas foi o suficiente pra conhecer a cena bear portuguesa.

Ele me mostrou um link, que eu esqueci de salvar, sobre uma notícia que debochava dos ursos portugas. A matéria focava a inauguração de um bar bear em Lisboa. Não lembro exatamente o motivo do deboche, mas acredito que tem a ver com preconceito, homofobia... Esse blá blá blá que a gente sempre assiste.

Semana passada achei 5 imagens escaneadas sobre uma matéria, feita por uma revista portuguesa chamada "Revista Única", que mostra (com louvor) os ursos de Portugal. Foram apresentados os pubs e os bares exclusivos para os lusos peludos, além de uma breve explicação sobre as cores da bandeira bear.

Destaco alguns trechos:

"Espanha é mesmo considerada a Meca dos ursos europeus."

"Não sentem especial simpatia por homossexuais excessivamente efeminados, cujo comportamento, consideram, agrava o preconceito."

"reuniões para almoçaradas e jantaradas, os jogos e competições organizados para reforçar os laços efetivos do grupo." (Sinto falta disso aqui no Brasil. O nosso movimento se resume, apenas, em baladas)

"A definição de quem é ou não urso é controversa. Na comunidade há quem defenda que depende da imagem, mas há quem afirme bastar a atitude. Determinante é que os ursos colocam em causa, simultaneamente, os conceitos de masculino e de homossexual, conjugando a masculinidade como elemento fundador e o desejo de ter relaçãoes sexuais com outro homem."

Clique nas imagens para ampliá-las:





0 comentários :

Ben Cohen: O Mister Simpatia Bear











Joga aí no Google "Ben Cohen". Você vai encontrar uma enxurrada de links sobre o trabalho que esse cara faz, com relação ao combate à homofobia.

Ben tem 32 anos (vai fazer 33 na quarta-feira que vem), é jogador de rugby da Inglaterra (já anunciou sua aposentadoria), hétero, casado, pai de trigêmeas e também é o queridinho entre os ursos. O rapaz está para a comunidade gay, assim como o Pelé está para as crianças no clássico jingle do ABC.

Ben Cohen fundou a "Ben Cohen Stand Up Foundation" para promover campanhas contra o bullying e a homofobia no cenário esportivo, mas a minha maior curiosidade é saber o motivo que fez esse cara se tornar ativista da causa. Talvez a resposta esteja numa entrevista que ele deu, onde contou que o seu pai morreu após proteger um rapaz que estava sendo espancado numa boate. Esse episódio deve ter incentivado o jogador para apoiar campanhas de anti-bullying.

Rugby e ursos tem tudo a ver! Não demorou muito para que Ben fosse eleito o Mr. Simpatia Bear. Olha esse vídeo e perceba como o cara fica bem a vontade, tirando a camiseta (1:50), ao visitar um clube bear de rugby:



Aqui tem uma outra entrevista com o Ben Cohen falando, com detalhes, sobre o seu projeto, vida pessoal e sobre a reação da sua mulher ao saber que ele é um popstar para os gays.

0 comentários :

Literatura Bear


Quinta-feira passada começou aqui no Rio a 15ª Bienal do Livro. Desde moleque tive a oportunidade de ir ao evento. É a minha sorte por ser filho de uma professora que sempre me incentivou a ler e que pra gente a Bienal é o acontecimento do ano!

Meus pais reservaram essa manhã para irmos lá. Típico programa em família. Mas ao chegar me bateu uma sensação misturada com nostalgia e o pensamento: "nossa, tô ficando velho!".
Lá pelos meus 8 ou 9 anos, eu corria pelos corredores da Bienal caçando os gibis da Turma da Mônica e hoje vi a criançada disputando tablets para ler obras (na versão ebook, lógico) de Harry Potter e Crespúsculo.
É... as coisas mudam MESMO!

A Bienal me fez lembrar da Bear Bones Book. Uma editora que conheci há duas semanas voltada para lançar livros ao público ursino. Assim que eu soube de sua existência não hesitei em comprar pelo menos um título. A BBB oferece livros sobre contos eróticos, onde o urso é o personagem principal (porque será, né?), e sobre a cultura bear vinculada ao estilo de vida e ao comportamento da sociedade.

Comprei o livro "Bears on Bears: Interviews & Discussions que traz entrevistas com diversos ursos abordando a rotina deles no trabalho e na família, as experiências amorosas e sexuais, e como eles lidam com o comportamento efeminado de membros da comunidade. Foram entrevistados ursos que são atores, cineastas, radialistas e religiosos (membros de igrejas inclusivas, isto é, instituições que são a favor da homossexualidade).

Há vários títulos da Bear Bones Book que são vendidos na Amazon, nas versões em papel e ebook para ler no Kindle. Comprei a versão Kindle e o download foi imediato após eu confirmar a compra pelo cartão de crédito do meu pai. Detalhe: ele não sabe que eu usei o cartão dele, mas vou pagar a conta =P

0 comentários :