Matéria da Revista Trip











Mês passado postei sobre uma matéria publicada numa revista portuguesa, que apresentou os nossos amigos ursos lusitanos, e agora é a vez da comunidade bear brasileira ser estampada numa revista brazuca.

Saímos do armário e fomos parar nas bancas. A culpada disso é a revista Trip, através da sua edição de outubro referente ao tema "Diversidade Sexual".
Foram abordadas as subculturas de gays (entre elas, a tribo dos ursos), lésbicas, bissexuais, travestis e de transexuais.

A sensação que tive após ler a matéria foi: Puxa! Lembraram da gente!

É uma pena que não divulgaram o endereço do blog dos Dois Ursos, porém fiquei contente quando citaram o Ursos.com.br, o Bear Code, o SCRUFF e até o novato Bruizr. Desconfio que os jornalistas da Trip andaram lendo o WB, porque o Bruizr é pouquíssimo divulgado.

No Brasil, acho que só eu falei dele. Se fosse pra destacar alguma rede social (gringa e famosa) de ursos, citariam a bearwww ou a bear411. Também acho que deveriam ter usado na diagramação as cores da bandeira ursina.

Destaco alguns trechos da matéria:

"Se até alguns anos atrás os ursos tinham dificuldade para encontrar seus pares, hoje eles formam um dos grupos mais prósperos e coesos dentro do movimento LGBT."

"Woof é a saudação oficial, pouco utilizada por aqui, enquanto cave (caverna) designa os lugares prediletos da turma." Sinto falta dos nossos ursos usarem a expressão "woof". Uso direto. Principalmente quando vejo na rua um ursão charmoso.

"Fui me moldando para o tipo de urso que eu mais gostava: os muscle bears. Entrei na academia e comecei a tomar testosterona para crescer mais pelos." Essa fala é do famoso DJ Bispo. Tomar testosterona é uma atitude muito radical, não acha?

"Se fosse pra gostar de um esteriótipo feminino, a gente ia comer buceta." Os Dois Ursos se amarram em dar declarações polêmicas :P

Escaneei as páginas para que todos possam ler, mas sugiro que comprem essa edição porque ela está excelente! Na App Store tem o aplicativo da Trip pra iPad onde é possível baixar de graça a revista.

Por causa da dobradura, os cantos das folhas esconderam algumas palavras. Mesmo assim acredito que dá pra entender o sentido das frases.

No blog Bear Beat tem o making of do ensaio fotográfico.

Clique nas imagens para ampliá-las (abra as imagens numa nova guia ou numa nova janela para aumentar o zoom):





Assine o feed do WooFBrasiL ou receba os posts por e-mail

0 comentários :