Urso do interior, onde encontrar? | Fora da Toca #3











Ola pelúcias, no post anterior eu falei sobre como foi me assumir e descobrir que curto urso. Mas antes de chegar nos dias atuais, já passei por vários encontros e desencontros. Então estou aqui p/ falar um pouco de encontros, o que fazer para tentar encontrar alguém na cidade, quais as opções? Já to fazendo cosplay de Carrie Bradshaw, mas não trago respostas prontas, tudo depende de você.

Mas por onde começar? Bom, vamos do principio que você mora em uma cidade do interior e grande parte dos gays vive em ‘narnia’(dentro do armário), não é assumido p/ família  amigos, colegas de trabalho...etc. Embora nas capitais identificar alguns gays seja um pouco mais fácil, isso não quer dizer que eles também enfrentem as mesmas dificuldades que alguém que mora no interior para namorar. As diferenças estão no número de festas, eventos e locais gls que uma cidade maior pode vir a oferecer. Se caso a sua cidade não tiver uma balada p/ você conhecer um ursão, rolar aquela reação química que termina em "tocaiada", fica um pouco difícil, mas não é por falta de balada que você não vai conhecer alguém. 

Mas, e ai ratu... Como proceder? Calma! Não se desespere, caro amigo urso...  Existem outras maneiras de conhecer pessoas com a tecnologia de hoje. Começando pela mais conhecida de todas, o bate papo uol. Os gays no geral adoram trollar o uol, mas não deixa de ser uma alternativa para conhecer alguém e não é vergonha nenhuma dizer que conheceu o cara lá. Vocês sabem como os gays são preconceituosos (justamente o mais preconceituoso deve acessar o uol direto e fica frustrado em nunca conseguir ninguém). Eu evito aquele papo padrão "o que curte? como você é? tem móvel e imóvel? quantos cm de pica? a ou p?", mas o uol também funciona muito bem p/ pegação, se você não estiver a afim, simplesmente diga que não procura isso ou faça um comentário engraçado, as pessoas buscam por coisas diferentes. Já encontrei paqueras, rolinhos, sexo casual no uol. Não achei muitos ursos com essa ferramenta, mas as vezes aparece. Boa pedida se você gosta de outros tipos alem de ursos.

Se você não gostou muito da ideia do uol, existem sites de relacionamento específicos para encontrar caras, como: bea.rs, disponível, manhunt, u4bear, bear411...entre outros que podem auxiliar também. A parte chata dessa alternativa é que é muito fácil você conhecer alguém, aquele cara gostoso, lindo, safado, atencioso que... infelizmente, mora longe. Ok, isso pode não ser um problemas se os dois estiverem dispostos a se conhecer. Já conheci pessoas bacanas em sites de relacionamento e alguns se tornaram bons amigos. Sem contar com as diversas redes sociais espalhadas por ai, como: orkut, facebook, twitter, tumblr, fotolog, last fm...bla bla bla. Embora não são especificas para caça, nada lhe impede de ir conhecendo muita gente interessante o tempo todo. Nas redes sociais, você sempre encontra de 'tudo', claro que facilita se o seu perfil tiver alguma coisa que diga sutilmente "também curto caras, pode me adicionar". Detalhes como amigos gays em comum, musica, uma comunidade ou uma pagina curtida com alguma certa suspeita. Pode acontecer também de vocês se conhecerem por algum amigo hétero em comum, enfim, as possibilidades são infinitas.


Por fim, uma alternativa que veio pra ficar... O uso de apps de celular (grindr, scruff, u4bear, growlr), que vão mostrar a distancia que você esta das pessoas, funcionam bem nas grandes cidades, mas que no interior não tem muita movimentação na grid de pessoas. Vai aparecer alguém novo quando visitar a cidade, passar o natal com a família, ou se sua cidade for uma cidade universitária que a cada ano tem gente nova indo e vindo. Separando esses 4 apps: grindr e scruff você vai encontrar mais malhadinhos e magrinhos, as vezes aparece um cara que curte urso. U4bear raramente você recebe alguma mensagem, percebo que há mais gringos que brazucas. Por ultimo temos o growlr, p/ mim, o melhor app de caçada ursina, pois mantem muito a identidade bear. Normalmente os 'narnienses' vão ter fotos de diversas partes do corpo, exceto o rosto, porque temem ser reconhecidos por alguém (não posso recriminá-los, não é pq sou gay que preciso sair por abrindo a porta de tudo mundo, assim como os amigos me respeitam por sair do armário  eu respeito os que estão por la).

A questão de toda essa historia é não importa qual a ferramenta que você utilize, você sempre vai acabar encontrando um cara bacana que muitas vezes esta do seu lado e você não reparou, pois esta em uma caçada frenética pelo urso perfeito. E se não encontrar, tudo bem, a vida é uma festa gay com bexigas e bolo em formato de pica, se joga de boca para apagar a velinha. ♫ 

Woofadas a todos! 



Assine o feed do WooFBrasiL ou receba os posts por e-mail

3 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Adorei seu texto, posso add vc no meu whatsapp? 18997082430 me chamo Lucas

    ResponderExcluir